A verdadeira história de Eike Batista

Não é de hoje que o antigo homem mais rico do Brasil está passando por dificuldades e acabou até preso, mas nesse momento já se encontra em prisão domiciliar.
Todos conhecemos a incrível história de Eike.

História

Quando jovem foi um vendedor de seguros e estudou alguns períodos na Universidade Técnica de Aachen, na Alemanha, no curso de Engenharia Metalúrgica. Eike trabalhou vendendo seguros para se manter no exterior, já que seus pais tinha voltado para o Brasil.
Depois dessa experiencia Eike volta para o Brasil para se dedicar ao comércio de ouro e diamante, em pouco tempo passou a ser o intermediário na produção do Brasil com comerciantes no exterior, ganhando alto com isso, depois ele próprio começou a produzir ouro na amazônia, implantando máquinas na produção, o que lhe rendeu muito dinheiro.
Depois passou a ser executivo da TVX Gold, empresa de mineração canadense, aí que a história começa a ficar interessante.
Eike era conhecido com um empresário irreverente no Canadá, quando foi sondado por profissionais que queriam ter uma exploração numa famosa mina na Grécia, mas que nunca produziu ouro. Segundo estudos era possível explorar ouro nessa mina. No livro Tudo ou Nada - Eike Batista e a verdadeira história do grupo X, esse episódio fica bem claro. Alias livro excelente para quem deseja aprender sobre empreendedorismo, networking, mercado financeiro, psicologia etc e adentrar mais no mundo do famoso bilionário.


Fica claro, porque Eike teve que sair da TVX Gold e da sua queda retumbante no Brasil. Tudo isso faz parte de uma personalidade bem complexa que sonha muito alto e exige demais dos seus colaboradores. Não podemos deixar de mencionar que a exploração da mina na Grécia foi um fracasso que custou seu cargo como executivo e participação como sócio na TVX, mas que saiu com um boa quantia no final vendendo sua participação algo em torno de 1 bilhão de reais.

Brasil

Muitos com essa quantia de dinheiro pensariam em nunca mais trabalhar e aproveitariam a vida. Só colocando 500 milhões diluído na renda fixa rendendo em torno de 1% ao mês geraria para Eike algo em torno de 5 milhões de reais por mês, acho que isso é mais que suficiente para uma viver bem, para uma pessoa de classe média, essa quantia do mês seria o suficiente para ela passar o ano.

Mas não estamos falando de uma pessoa qualquer, estamos falando de uma pessoa que já foi o homem mais rico do Brasil.  Eike poderia passar o resto da sua vida vivendo em algum lugar paradisíaco, mas não escolheu isso.
Voltou para o Brasil e com o sonho de mudar essa país com seus empreendimentos.  Abriu negócios em quase todos os ramos desde mineração passando por alimentação e chegando a petróleo, esse é mais um aspecto da sua personalidade a falta de foco em se dedicar em algo por vez. Em paralelo com os negócios Eike nunca deixou de praticar esportes, sendo campeão mundial de offshore, um tipo de esporte aquático na qual lanchas correm em alta velocidade.
Eike tinha uma visão muito otimista do Brasil, por causa da fase que o país passava. Ele aproveitou a que o país passava por uma fase boa e fez o que sabia fazer de melhor. Construiu diversas empresas, mas também teve ajuda do BNDES para realizar seus projetos, o que começou a lhe prejudicar um pouco, tendo relações não muito saudáveis com políticos.

Era comum haver xingamentos, tratamento pouco convencional quando falava com seus executivos, parecendo que estava numa mensa de bar e jogar um contra o outro era normal para Eike, para que pudesse dominar sozinho. Não sei se isso pode ser um erro estratégico, mas lhe custou caro. Segundo outro famoso bilionário Jorge Paulo Lemann, o erro de Eike foi ter não ter se cercado dos melhores colaboradores,  o que fez com que seus projetos fossem para o buraco.

Seu medalhão a empresa OGX teve um desempenho que foi aquém do esperado, o que lhe fez perder muito dinheiro. Fora os crimes contra o mercado financeiro, que cometeu.

Fazia IPO das suas empresas, abrir capital delas para se capitalizar, sendo que ainda não eram empresas sólidas e não tinham resultados.






Queda

Nesse ano vimos a prisão de Eike Batista que chegou a ser procurado pela Interpol, estava nos Estados Unidos quando soube que estava sendo procurado pela polícia. Mas, não se enganem pode parecer que Eike teve toda sua fortuna perdida, mas isso não é verdade, Eike possui algumas empresas ainda como o restaurante famoso que fica na Lagoa no Rio de Janeiro Mr. Lam que ainda dando lucro para o empresário. Apesar do tombo Eike tem ainda uma fortuna estimada em mais 100 milhões de doláres, ou seja, ainda está no seleto grupo dos ultra ricos do país.

Eike foi preso pela Polícia Federal no mês de janeiro desse ano, por pagar propina ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Um triste evento para o empresário que queria mudar o país gerando empregos para a população, melhorando a infraestrutura e produção do país.

Mas Eike nesse momento conseguiu um habeas corpus e está em prisão domiciliar e teve que ficar afastado do dia a dia das suas empresas e teve que entregar o passaporte, para caso de fuga.








Será que é o fim de um história que mais parece filme de ficção de Hollywood ou será que o empresário dará a volta por cima?
O que acha dessa história? Deixe seu comentário abaixo.

Comentários

  1. Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.
      Continue acompanhando.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigado. Os artigos só irão melhorar.
      Continue acompanhando.

      Excluir
  3. Wow belo texto

    Parabéns cara, gostei! Vou acompanha de perto seu blog

    Abs

    ResponderExcluir

Postar um comentário